Casa Pequena

LISBOA, 2016

Este é um projecto de reconversão de um anexo pertencente a um apartamento, localizado num típico logradouro de Lisboa, num estúdio para artistas e criativos.

O espaço de planta livre, possuía fracas condições de habitabilidade devido á falta de iluminação natural e impermeabilização da fachada e pavimento. O projecto resolve questões técnicas de impermeabilização do envelope do edifício e desenha novas aberturas com o exterior- janelas, e funcionalidades- copa, instalação sanitária e zona de salamandra.

No interior resolveu-se manter as características formais que possuíam um cunho diferenciador- vigas em madeira de suporte da cobertura, e conjuga-las com novas identidades- vão envidraçado e pavimento contínuo. As novas infra-estruturas técnicas- copa e instalação sanitária, são executadas com as materialidades pré existentes- madeira e reboco, gerando uma continuidade espacial.

A proposta de decoração para o interior, recorre a elementos simples provenientes da mercados da pulga e da esfera artística de modo a enfatizar o uso a que o espaço se destina.